sábado, 27 de dezembro de 2014

REFAZENDO.

(dia 28/12)

E o dia nasceu sorrindo
Com os  raios do sol  se construindo
Diante disso
Vou me reinventar e aprender
Reavaliar e aquiescer
Reatar e permanecer
Refazer-me.

Reaver e ouvir
Recomeçar
Reaproximar
Acolher
Redefinir
Renascer

e viver.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Se confunde.




                         (Este belo quadro foi pintado pela artista santista ARIANE GOMES)


Se confunde com força
essa feminilidade constante
se confunde com raiva
esse muito gostar delirante.

Se confunde com ódio
esse amor perfeito
se confunde com espinho
essa suavidade no peito.

Se confunde com brutalidade
essa meiguice veemente
se confunde com peso
essa leveza frequente.

Se confunde com medonho
se confunde com dor
o que chamo de sonho
o que chamam de amor.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

... E NUNCA MAIS IR EMBORA.

                                                                               ( o ultimo verso é de autoria de renato russo)



E a dor...
Se fosse por essa dor no peito
já teria ido embora para nunca mais voltar
a chama queima  o corpo
num cometa luzente
á velocidade da luz.

A FELICIDADE...
Se a felicidade percebesse
que estou aqui
talvez viria me abraçar
talvez iria embora
para nunca mais
pensar em voltar.

E O CORPO...
O corpo esta cansado
de ter que ser assim
a alma quer sair
para procurar outro corpo.

E O ROSTO...
O rosto novamente molhado
não é de chuva
nem de orvalho
o rosto insiste em
permanecer molhado.

OUÇO...
e de tanto ouvi
o choro dentro de mim
perdi a audição da alma
a mesma quase se afogou
com as lagrimas que faltou.

E AS FLORES...
há poucas flores no jardim
poucos animais nas florestas
faltam cravos, crisântemos, rosas
e margaridas para brincar
de bem -me -quer
mal -me- quer.

UM POETA..
quando for um poeta
vou ficar mais comigo
mas.. agora acho
que quero ir embora
para nunca mais  voltar.

E  POR FIM ... A RAZÃO
Quando achar o chão
o principio da razão
quando puder morar
na casa azul da sanidade.

vou sorrir com os lábios
íntimos do espirito
e sentir um prazer imensurável
em poder me conhecer
e nunca mais ter que ir embora.

"Vai ver que não é nada disso...
vai ver que já não sei quem sou...
vai ver que nunca fui o mesmo !"


sexta-feira, 12 de dezembro de 2014