sábado, 29 de março de 2014

Raso e Profundo



Tão profundo quanto raso
tão cumprido quanto curto
colorido em vários tons 
de branco e preto.

Tão doce quanto o sal
tão salgado quanto a cana
vive na pele delicada da poesia 
na boca úmida de quem ama.

Um comentário:

sandra mayworm disse...

Muito bonito seu trabalho, obrigada por seguir LETRAS QUE SE MOVEM.
Um abraço,
Sandra May