sábado, 18 de junho de 2011

desejo de poesia



oh poesia tira da alma este gosto de azia.
que queima como ferida fria
oh poesia fala aos ouvidos
balbucia palavras vazias
para encher a cabeça que assobia

oh poesia me alumia em suas letras brilhantes
em seu encanto luzente.

oh poesia , traz um pouco de agonia
para a alma ficar quieta.
traz um pouco de alegria para sentir leveza
traz um pouco do que crias
para manter-me com desejo
um desejo compulsivo de poesia.

5 comentários:

tania amor simplesmente amor disse...

oh poesia , traz um pouco de agonia
para a alma ficar quieta.
traz um pouco de alegria para sentir leveza
traz um pouco do que crias
para manter-me com desejo
um desejo compulsivo de poesia. belissimo parabèns amigo por seus poemas amei

tania amor simplesmente amor disse...

adoro poesias demais

Reflexo d'Alma Fase 2014 disse...

Amo poesia sempre.
Linda nova semana.
Bjins
entre
sonhos e delírios
CatiahoAlc/ReflexodAlma

Reflexo d'Alma Fase 2014 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Reflexo d'Alma Fase 2014 disse...

Amo poesia sempre.
Linda nova semana.
Bjins
entre
sonhos e delírios
CatiahoAlc/ReflexodAlma